sábado, 13 de abril de 2013

3) PROTEÍNA C REATIVA COMO INDICADORA DE INFLAMAÇÃO NA PAREDE DOS VASOS SANGUÍNEOS





O processo de deposição de colesterol e gorduras na parede das artérias - chamado de aterosclerose - é conhecido há muito tempo, mas apenas recentemente foi descoberto que há inflamação nos locais onde a gordura é depositada.

A inflamação da parede das artérias com aterosclerose é de baixa intensidade, por isso resulta em pequenas elevações da proteína C reativa, que só podem ser detectadas pelo método ULTRA-SENSÍVEL.

O risco cardiovascular para pessoas que, mesmo sem sintomas, apresentam pequenas elevações da proteína C reativa dosada pelo método ULTRA-SENSÍVEL, foi identificado através de estudos estatísticos.


LEIA A SEGUIR DE QUE MANEIRA FOI DESCOBERTO O RISCO CARDIOVASCULAR ASSOCIADO À PROTEÍNA C REATIVA





INÍCIO     ANTERIOR     PRÓXIMO

2 comentários:

  1. Dr Luiz. No dia 13 de julho meu marido sofreu um avc isquemico que afetou o tronco. Hj encontrei uns exames que ele fez em março deste ano, e acusou o nivel de proteína C reativa de 5, 01mg/l. Esta pode ter sido a causa deste avc? Ele não comentou nada comigo na época. Se esta foi a causa (pois os medicos ainda não sabem, e estao tentando descobrir). Há como através deste dado, evitar um proximo avc? Ele está na uti. Liane

    ResponderExcluir
  2. Liiane:
    Proteína C reativa não é a causa de AVC.
    A investigação da causa e a prevenção de novos AVC deve ser orientada por um neurologista.

    ResponderExcluir

Não é possível comentar as postagens do blog.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.